NO MUNDO VIRTUAL – EDIÇÃO #1

UYYPeYz
ZIH, NÃO DISSE NADA ALÉM DE VERDADES.
Convenhamos que uma das postagens mais polêmicas, se não é a mais, publicada pelo BLOG DA ZIH e assinada por Cristina Ravela, sobre JP, autor de séries de sucesso com Infamous, The CIRCUS e da novela Cubo mágico dentre outras.
Foram postos em pauta a falta de criatividade, não diria no mundo virtual como um todo, mas sim uma pequena parcela, e dá como exemplo PSICOSE, do autor Gustavo Negreiros, e INFAMOUS de João Pedro, enfim disse-nos que não é porque alguém escreve bem que devemos aceitar qualquer coisa, ainda mais copiada.
Se ela tem razão, cabe a nós discutirmos a respeito do assunto, cada um levando em consideração vários fatores, e ir a fundo, se possível. Porém, quando pensei em falar, desdenhar sobre esse post, a finalidade em si, era e é dá a minha opinião, como autor, então comecemos:
Nada é criado, tudo é copiado. Será que tudo? Falando nas minhas histórias, é relevante resaltar que me baseio na vida das pessoas, na forma como se comportam, portando-se diante das situações, logo poderia dizer que fora copiado, entretanto toda história por mais fictícia que possa ser tem um pouco de verdade e essa verdade é a verdade do ser humano. Então o que muda de uma história para outra? O autor? Talvez, mas também muda o contexto. 
Quando o meu professor de literatura falou a toda sala quedeveríamos analisar contextos, ao que foi escrito e lido, fez-me pensar que seria de muita utilidade utilizar no mundo virtual, porque nós que somos autores também temos nossa vida, vida de carne e osso, de puro cansaço, enfim.
Logo creio que muito do que escrevemos é resultado do que vemos e sentimos, e os sentimentos apesar de nos portar de forma diferenciada, posso dizer única, nos reagimos, poucas vezes, mas sim, de forma igual. Escrever é muito mais valioso, quando feito para si, e quando digo para si não é guardar numa gaveta e esconder, mas sim mostrar, e o mundo virtual é uma vitrine, como o de uma loja, e como de toda loja pessoas caminham fervorosas pela frente, uns param e olham a capa, e apaixonam-se e acabam levando, outros entram averiguam, leem prefácio, epílogo, observam bem e feito isso levam, compram e deliciam-se
com produtos de qualidade. E sinceramente, nós sabemos o que de fato é bom.
11056692_666621786797322_1742049337_n
NOVA NOVELA.
Anos 60, amores proibidos, trama rural, muitas reviravoltas.
Promesas estas do autor da nova novela, Arthur Ferraz, que assina de muito bom grado “Amor proibido”, seu primeiro projeto para o ramo novelístico, trama supervisionada pelo autor Weslley Vitoritti. Intrometido como sou li o capítulo, dei minhas opiniões e o autor tratou de melhorar alguns pontos, importantes.
*  segue a sinopse:
Cidade de Serra Nova. O Ano é 1962, onde a juventude vivia uma
explosão em todos os aspectos e os rocks predominavam nos bailes. A forma de se
vestir  se tornava cada vez mais ligada
ao comportamento. Nessa cidade habitam vários moradores, em especial, Pedro
Leopoldo, o fazendeiro mais poderoso da região. Rude e autoritário, ele é
casado com Cândida, pai de Beatriz, Ângela e Marina, a filha mais velha que
está em um noivado com Marcos que é irmão de Luciana, filhos de Luís e Morgana,
uma família poderosa que possui a famosa fábrica de biscoitos, a Bom Biscoito.
Só que o destino de Marcos e Marina atrapalha com a chegada de Álvaro e sua
família, pessoas humildes que vieram de outra cidade para tentar a vida nessa
nova morada. Irmão de Inácio, filhos de Joaquim e Sônia, que chegam a Nova
Alegria para montar uma Mercearia.
Álvaro e Marina vão se apaixonar a primeira vista, o que lhes
renderão uma bela confusão pela frente, pois Pedro Leopoldo não aceitará de
forma alguma esse romance,pela posição social de Álvaro. E a família de Marcos
também não aceitará seu filho de noivado terminado. A briga está armada, Álvaro
e Marina terão muitos obstáculos para vencer esse ‘’Amor proibido’’.
Amor a primeira vista, um vilão que tentará todas para afastar a filha de um homem que não corresponde a sua classe social, etc…
gg
EMMY WEBS, EDIÇÃO #2.
Pra quem achava que seria uma premiação passageira, quebrou a cara. Nada de passageiro, o EMMY veio para ficar.
A lista de indicados para essa premiação já está sendo finalizado, e o voto popular será prioritário, como aconteceu na primeira edição, porém com algumas modificações profundas, que vieram a cair muito bem.
Depois de ler algumas coisas, sobre premiações, vir que tudo pode ser bem executado, vindo de uma boa dose de vontade.
O Emmy dessa vez estabeleceu algumas mudanças, como o modo de votar. Antes votava-se a mesma pessoa várias vezes, entretanto só será possível nesta nova edição o voto de uma pessoa por categoria, sem que a pessoa possa votar várias vezes nos formulários, que irá utilizar o e-mail.
Será dividido em duas etapas:
1. Em cada categoria cinco candidatos, escolhidos pela direção,
sujeitos a voto popular durante três semanas. Ao coletar dos votos, três mais
votados participarão da segunda etapa.
2. Logo após, a coleta de votos será postado o novo formulário
desta vez com três candidatos, por categoria, selecionados pelo público.
Durante outras duas semanas o formulário estará disponível, sujeitos a voto
popular e decisivo, depois deste período em uma programação dividida em três
blocos, sendo o último da entrega das premiações, a lista dos vencedores do
EMMY.
A saída do primeiro formulário acontecerá no sábado.
Todos os detalhes mais profundos, e especificados será no próximo
programa, dia (30).
PE Banner
EASY PRODUCTIONS
Uma nova produtora invade o mundo virtual, tendo como integrantes os autores: Walter Hugo (FRIENDZONE), Sandrak Oliver, Lucas Posey ( NOVA: THE SELECT), dentre outros.
Com site elegante e sofisticado. A produtora estreou com reprises do respectivos autores citados a cima, com exceção de obras do autor Walter Hugo.
11083882_446427768857435_7689487830526048742_n
FETICHE, é ele quem assina: JP.
Com certeza ele é o mais polêmico do meio, e sua nova trama, citado o nome no começo, promete ser uma bomba atômica.
Personagens satânicos, desejos por carne, afinal para quem não gosta de sangue é uma péssima pedida.
Preto Ouro
SHADES OF HEAVEN, trama chega a
pré-season finale.
Assinada por Rodrigo Ferreira, a série sobre vampiros, chega ao que o autor intitulou: PRÉ FINAL. 
E a pergunta que não quer calar valeu a pena, tudo feito até o momento? Perguntemos ao autor, cá está ele: Chega mais Rodrigo.
THIAGO: Quais foram os melhores momentos da trama? Aqueles que você considera o pilar do sucesso.
RODRIGO: Olha, graças a Deus a trama foi bem sucedida. Mas os momentos de maior sucesso pra mim sem dúvidas foram aqueles antes da Mid e agora nessa reta final.
THIAGO: Li a  pré-season finale e você matou a Melissa. Matou mesmo? Ou, está só enganando o público.
RODRIGO: A pré-season finale né? [Risos] Olha, eu larguei esse tipo de brincadeira em “Instintos Ferozes”, Melissa morreu mesmo. E já aviso aos fãs que não chorem na Season Finale porque ninguém que morrer vai voltar.
THIAGO: Falando nesta pré-season finale. Tenho que dizer que foi o melhor episódio da série, foi tudo muito uau!
RODRIGO: Nossa, você não tem noção do quanto fico agradecido pela leitura e pelo elogio. Se já achou o penúltimo episódio assim, se segura pro último…
THIAGO: Fazendo um balanço de tudo desde o começo, valeu a pena?
RODRIGO: Com certeza! A trama atingiu em cheio minhas expectativas, até superou um pouco.
THIAGO: Angie é a sua preferida? Ou é Greer? Melhorando: Os autores por mais que não admitam tem uma certa preferência por alguns personagens, você tem essa preferência?
RODRIGO: Olha, eu costumo dizer que como autor amo todos iguais. Mas eu tenho sim uma certa predileção pela Angie, até hoje me pergunto: meu Deus, de onde eu tirei essa protagonista?
THIAGO: Qual foi o melhor episódio até o momento, para você? O que você sentiu como se estivesse sendo um roterista de um filme de Hollywood.
RODRIGO: Olha pra mim, sem sombras de dúvidas a Season Finale que acabei de escaletizar. Mas já exibidos, o 13, o 7 e o 4.
THIAGO: Mudando de assunto, sobre a novela A face da maldade. É um projeto diferente de tudo que você já escreveu?
RODRIGO: Sim e não. Tem aquela pegada de uma novela de Rodrigo Ferreira e tal e eu já fiz uma trama de época antes. Mas uma tão longe, que eu tive tanto trabalho em pesquisar, em trabalhar com uma parte da História que eu sou apaixonado, e com
uma história tão forte e marcante… Olha nunca. Espero que os leitores gostem.
THIAGO: Pode contar detalhes? É pedir demais?
RODRIGO: São muitos, é pedir um pouquinho sim, mas como não seguro a língua. Posso mostrar um pequeno trecho da sinopse, vale isso? [Risos]
THIAGO: BOMBA! EM PRIMEIRA MÃO, NÃO É?
RODRIGO: Sim, sim! Que eu me lembre só meu co-autor teve acesso…
SÃO PAULO – INVERNO DE 1932. Na visão da testemunha, ela era a vítima. Na visão do homem que amava, ela era uma perdida. Na visão da justiça, ela era só uma assassina. Na visão da amiga, ela era sua salvadora. Na visão de si mesma, ela era uma mulher sem vida. Entorpecida pelo destino, solta à sorte de si mesma e de lembranças a esmo de uma vida que parecia irreal. Mas essa mulher de fato existia? Não, pois assim como suas memórias, Lisandra Ferreira de Barros havia morrido há exatos 16 anos antes.
THIAGO: Meu Deus! Isso que é sinopse. Promessa de sucesso, à torto e a direito!
RODRIGO: Agradecido Thiago! É sempre bom ter um espacinho pro merchandising
THIAGO: Ainda mais quando é em primeira mão, alavanca audiêcia.
RODRIGO: Isso eu espero né? [Risos]
THIAGO: Depois de dá boas risadas, tudo chega ao fim, igual a nossa entrevista. Fale aos seus fãs, sobre a continuação da reprise de “Relações Perigosas”, e a season finale de “SHADES OF HEAVEN”, suas considerações, senhor.
RODRIGO: Gente, não deixem de rever Relações Perigosas aqui no N de Novelas e não se esqueçam que domingo tem season finale bombástica no TNT. Agradeço muito aoThiago pela entrevista, pelo merchan e pela reprise! Obrigado pessoal, that’s
all folks!
THIAGO: Até a próxima. Grato.
      PRÓXIMA EDIÇÃO DIA 30.
REALIZAÇÃO:
 cropped-copy-cropped-banner01-2-cc3b3pia
APRESENTADOR
THIAGO DOS SANTOS
PARTICIPAÇÃO
RODRIGO FERREIRA
Anúncios

2 comentários em “NO MUNDO VIRTUAL – EDIÇÃO #1

  1. Pelo amor de Deus… Aprende a escrever primeiro e depois dê sua opinião sobre obras, posts…
    Português ainda não foi privatizado, encontra-se em escola pública. Aproveita!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s